Clareamento

Dentes manchados ou amarelados ganham vida nova e ficam mais brancos e brilhantes. O clareamento dental é uma solução eficaz e simples para você recuperar a cor natural dos dentes. É um tratamento que deve ser feito com profissionais qualificados para que seu sorriso fique brilhante de forma segura e que não seja abrasiva ao esmalte do seu dente.

clareamento

É o tratamento que visa a remoção de manchas e escurecimento dos dentes. Existem diversos tipos de clareamento dentário, é necessário uma avaliação do Cirurgião-Dentista para determinar o tratamento adequado para cada paciente.

Existem três modalidades de clareamento, são elas:

Clareamento Dental a Laser (Consultório)

Este protocolo de clareamento dental a laser envolve o uso cuidadoso e controlado de um gel de peróxido de hidrogênio de concentração relativamente alta, aplicado aos dentes pelo dentista após as gengivas terem sido protegidas. Geralmente, o peróxido permanece sobre os dentes em intervalos de 15 a 20 minutos somando uma hora (no máximo). Aqueles com coloração particularmente resistente podem ser aconselhados a voltar para um ou mais sessões adicionais de branqueamento dental, ou pode ser solicitado a continuar com um sistema de branqueamento dentário de uso doméstico.

Clareamento Caseiro (Moldeira)

Esse é realizado com finas moldeiras de silicone carregadas com o gel clareador. O clareamento dental caseiro pode ser realizado durante o sono (peróxido de carbamida) ou durante o dia (peróxido de hidrogênio). Inúmeros casos mostram que o procedimento caseiro para o clareamento dentário pode produzir os melhores resultados a longo prazo.

Clareamento Associado

A técnica associada de clareamento dental vem se tornando cada vez mais popular principalmente pelas pessoas que querem um clareamento dentário mais intenso. A técnica combina sessões de clareamento domiciliar ou caseiro com o uso de moldeiras de clareamento e sessões de clareamento ambulatorial ou em consultório com gel de alta concentração com ou sem utilização de luz.
Seus dentes podem não ser naturalmente bem branquinhos, mas muita gente acredita que, fazendo clareamento dental, consegue alcançar um sorriso perfeito. Devido ao passar dos anos, hábitos e alimentação, seu sorriso tende a ficar mais amarelado e manchado. O branqueamento se torna a melhor opção nestes casos. Antes de tomar qualquer atitude é importante esclarecer qualquer dúvida sobre a técnica.

clareamento moldeira

clareamento a laser

Qualquer pessoa pode fazer clareamento dental?

A princípio todo paciente pode se submeter ao clareamento. No entanto, existem algumas contraindicações. Ele não deve ser realizado em gestantes e lactantes, pessoas com restaurações amplas, pacientes com sensibilidade dentária, irritação gengival severas, fumantes inveterados e pacientes com condições pré-cancerígenas. Apesar do branqueamento ser uma técnica amplamente utilizada, o dentista deve estar atento na avaliação de cada caso.

Quem faz clareamento deve evitar certos alimentos?

O uso de algumas substâncias deve ser evitado em excesso, especialmente durante o tratamento clareador”. O grande destaque vai para os alimentos com forte coloração como beterraba, chocolate e algumas bebidas como café, achocolatados, refrigerantes, vinhos tintos e sucos com adição de corantes.

O clareamento dental sensibiliza os dentes?

Durante o processo de clareamento você pode até sentir aumento da sensibilidade ao frio, mas, atualmente, o gel clareador utilizado nos tratamentos possui agentes que minimizam a sensibilidade.

O clareamento dental pode durar quanto tempo?

Isso vai depender do comprometimento da paciente. Pode ocorrer de novas manchas surgirem com o passar dos anos, alterando a cor obtida no clareamento em um tom. Mas isso acontece se o paciente consumir, de forma frequente, alimentos, bebidas, medicações ou quaisquer substâncias que provoquem pigmentação nos dentes.